domingo, 11 de maio de 2014

Quem conta um conto aumenta um ponto - Turma 82

 
 
 
Pose pra foto - Turma 82

A bela adormecida

Eu estava andando a cavalo, quando vi o castelo da princesa que estavam comentando lá no bar do Kuca. Então, resolvi entrar.
Ao chegar perto do quarto, ouvi um ronco muito alto. Vi a princesa dormindo, me aproximei e a beijei.
A princesa acordou irritada, começou a me bater e disse:
- Por que você me beijou? Não viu que eu estava dormindo?
Respondi que  achei que estivesse enfeitiçada!
- Ah é! Eu esqueci! Tá e quando a gente vai se casar? Disse ela aos gritos!
No susto, respondi que poderia ser naquele dia mesmo.
Ela, muito esperta, já foi perguntando se eu tinha dinheiro, carro, iate, diamantes, ouro e comida, muita comida!
Fiquei espantado demais. Disse que eu não era dono de supermercado.
Foi aí que tive uma ideia: dei outro beijo, e dessa vez, mais forte que o primeiro. 
A princesa dormiu na hora. Aliás, dorme até hoje.
E nunca, nunca mais, nenhum outro príncipe ousou dar uma beijoca, um selinho que fosse, na tal bela adormecida!
(Autores: Andriele, Diego, Júliav e Nathália O.)

A sentença
Juiz: 

(Todos de pé)
“Em nome da lei, convido-vos a examinar com imparcialidade esta causa e proferir a vossa decisão de acordo com vossa consciência e os ditames da Justiça.”
Jurados: “Assim o prometo!”
 
A questão "judicial" é para decidir com quem ficará o castelo e o valor que o príncipe deverá pagar para a pensão alimentícia da filha do casal.
(Autores: Airan, Dener, Franciele, Katiele, Luan, Nathália E., Paulo Ricardo, Rafael Lima, Samuel e Thaís)
Forte abraço!
\0/
Profe. Cíntia Maciel
*Por favor, salvem a professorinha!   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que bom que você veio!
Obrigada por deixar seu comentário!
Valeu ;)
Volte sempre !