sábado, 8 de março de 2014

Poema X Poesia X Soneto

Embora muitos entendam que Poesia e Poema são a mesma coisa expressas em palavras diferentes, os dois termos não são sinônimos, mas estão interligados.
Poesia não é a mesma coisa que Poema, mas a Poesia está presente no Poema. Vou explicar melhor:
O dicionário Aurélio diz que:
  • Poesia – “Arte de criar imagens, de sugerir emoções por meio de uma linguagem em que se combinam sons, ritmos e significados.”
  • Poema – “Obra em verso ou não, em que há poesia.”
A poesia usa diversos recursos para expressar a linguagem de modo especial, diferente do normal, provocando diversos efeitos de sentido em quem recebe a mensagem. É responsável por dar vida e sentimentos às palavras contidas em determinada obra. É o sabor, imagens, emoções.
Esses vários recursos também incluem os recursos sonoros (ritmo, rima, aliteração etc.) e o uso da linguagem para sugerir imagens (metáforas, personificações etc.), entre outros.
Portanto, se o poema não tiver nenhum desses recursos citados acima ele não poderá ser chamado de poema.

Por fim, o soneto é um poema de forma fixa. Tem quatro estrofes, sendo que as duas primeiras se constituem de quatro versos, cada uma, os quartetos, e as duas últimas de três versos, cada uma, os tercetos. Todos eles têm dez sílabas poéticas, classificando-se como decassílabos. Os sonetos costumam ter uma estrutura semelhante. O texto começa com uma introdução, que apresenta o tema, seguida de um desenvolvimento das ideias e termina com uma conclusão, que aparece no último terceto. Essa é, em geral, a estrofe decodificadora de seu significado. 


 Fonte: Livros e Afins

Tudo depende a que estamos nos referindo, claro. O dicionário vai bem numa hora dessas, ele diz que poema é a composição poética, a obra literária; enquanto a poesia é justamente a arte, a inspiração divina que tanto nos falta em algumas ocasiões.  Por analogia (e essa vai ser bem brega, preparem-se), teríamos que você é a poesia, e a sua história é o poema, a estrutura em versos que expressa a essência. Um escritor pode escrever poesia em forma de prosa, e um pintor em seus quadros.

Forte abraço!
\0/
Profe. Cíntia Maciel
*Por favor, salvem a professorinha!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que bom que você veio!
Obrigada por deixar seu comentário!
Valeu ;)
Volte sempre !